---

  • ?
  • ?

---

  • ?
  • ?

Histórico

Publicado em 21/05/2014 às 09:56 - Atualizado em 17/06/2015 às 15:05

A cidade de Lauro Müller, até o ano de 1905, recebeu vários nomes: Bom Retiro, Arraial da Mina e Mina dos Ingleses, esta última, comumente, chamada de Minas. Em 25 de setembro de 1905, passou a chamar-se Lauro Müller em homenagem ao catarinense Dr. Lauro Severiano Müller, que foi quatro vezes governador do Estado de Santa Catarina, senador, deputado federal, embaixador, ministro da Indústria, Viação, Obras Públicas e das Relações Exteriores. O município foi instalado em 20 de janeiro 1957.

Possui muitos recursos naturais como a vegetação, os animais silvestres, a Serra do Rio do Rastro, a beleza dos cânions da Serra Geral, as cachoeiras, as grutas, os rios, os vales, as montanhas e o clima das estações, inclusive a neve.

Destaca-se também por seus recursos culturais, históricos e técnico científicos como a religião, a música, a arquitetura antiga, as crenças, os sítios arqueológicos, a colonização baseada na história do carvão, dos tropeiros e dos imigrantes italianos, e a coluna Whitte, que é a primeira coluna estratigráfica da Bacia do Paraná, onde está a  descrição de todos os corpos rochosos que formam a crosta da Terra. Além disso, agora possui o Eco Museu Municipal Serra do Rio do Rastro, criado em maio deste ano, transformando 6,2 mil hectares das encostas da Serra Geral em bem de interesse público municipal.

A produção de vinhos, cachaça, melado, açúcar mascavo, leite e seus derivados, a carne suína, artesanato, o pão colonial e tantas outras atividades do meio rural, tornam-se ricos atrativos para quem busca a paz, o sossego do interior e a harmonia com a natureza.

Sua economia está ligada à agricultura, à mineração, à industria cerâmica, ao comércio de madeira e ao transporte rodoviário. Tem um subsolo muito rico em minérios, destacando-se o carvão mineral.