Ir para conteúdo 1 Ir para menu 2 Ir para busca 3 Ir para rodapé 4 Acessibilidade 5 Alto contraste 6

---

  • ?
  • ?

---

  • ?
  • ?


Prefeita e Procuradora do município de Lauro Müller voltam ao ICMBio para novamente defender a redefinição da área do Parque Nacional de São Joaquim

Publicado em 12/11/2021 às 14:34 - Atualizado em 12/11/2021 às 14:35

No dia 11/11, em reunião agendada para às 09h, a Prefeita de Lauro Müller, Saionara Corrêa de Carvalho Bora e a procuradoria jurídica, Ana Cristina Corrêa de Melo, estiveram no ICMBio para novamente defender a redefinição da área do Parque Nacional de São Joaquim - PNSJ, a fim de retirar a sobreposição sobre o Ecomuseu.
O ICMBio foi irredutível quanto à emissão da nota técnica em desfavor de Lauro Müller. O técnico do órgão ambiental federal disse que não há razões para emitir nota que retire o atrativo "Cânion do Funil" do PNSJ.
A Prefeita e a procuradora defenderam veementemente que o PL 208/2018 que tramita no Senado trata da correção da área do Parque e que exigiram que o projeto seja enviado para votação no formato em que se encontra.

"O que buscamos é corrigir a injustiça feita com Lauro Müller pela Lei n. 13.273, de 2016, em que os deputados foram induzidos a erro e aprovaram uma ampliação do Parque que não estava prevista no projeto originário de 1961". disse a Procuradora.

"O Ecomuseu é um patrimônio do Município de Lauro Müller e precisa ser preservado. Vamos lutar para manter o Cânion do Funil e a área em discussão dentro dos limites do Ecomuseu e, assim, preservar o patrimônio ambiental e cultural da população lauromullense". disse a Prefeita.